Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Cada português usa 466 sacos de plástico por ano

Mäyjo, 08.03.14

Cada português usa 466 sacos de plástico por ano

 

Todos os anos, mais de oito mil milhões de sacos de plástico vão para o lixo, na Europa, de acordo com o comissário europeu responsável pela pasta do ambiente, Janez Potocnik, que explica que estes provocam “elevados danos ambientais” e na biodiversidade do continente.

Em Portugal, a União Europeia estima que cada cidadão utilize 466 sacos de plástico por ano, um número idêntico, por exemplo, ao da Polónia e Eslováquia. Ainda que os dados relativos à utilização de sacos de plástico nos diversos Estados-membros sejam muito variados, não deixa de causar espanto o número de sacos de plástico leves usados, por ano, na Dinamarca e Finlândia: cerca de quatro por cidadão.

Como o Green Savers explicou, a União Europeia vai deixar cada país escolher as medidas que considere mais adequadas para combater este flagelo, incluindo a aplicação de taxas, o estabelecimento de metas nacionais de redução ou a proibição de utilização.

“Alguns Estados-membros já alcançaram grandes resultados na redução do uso de sacos de plástico. Se outros seguissem este exemplo, poderíamos reduzir a actual utilização global na União Europeia até 80%”, explico o comissário do ambiente.

A proposta obriga os Estados-Membros a adoptar medidas destinadas a reduzir a utilização de sacos de plástico com uma espessura inferior a 50 mícrones, na medida em que estes são reutilizados menos frequentemente do que os sacos de plástico mais espessos, sendo os primeiros na maior parte das vezes logo colocados no lixo. Essas medidas podem incluir a utilização de instrumentos económicos, tais como aplicação de taxas, estabelecimento de metas nacionais de redução e restrições de comercialização (sujeitas às regras do mercado interno do Tratado sobre o Funcionamento da União Europeia).

 

in: Green Savers